quinta-feira, 20 de julho de 2017

A VINDA DO SENHOR
Jesus disse:
“A vinda do Filho do Homem será como aquilo que aconteceu no tempo de Noé. Pois, antes do dilúvio, o povo comia e bebia, e os homens e as mulheres casavam, até o dia em que Noé entrou na barca. Porém não sabiam o que estava acontecendo, até que veio o dilúvio e levou todos. Assim também será a vinda do Filho do Homem.
Naquele dia dois homens estarão trabalhando na fazenda: um será levado, e o outro, deixado. Duas mulheres estarão no moinho moendo trigo: uma será levada, e a outra, deixada. Fiquem vigiando, pois vocês não sabem em que dia vai chegar o seu Senhor. Lembrem disto: se o dono da casa soubesse quando ia chegar o ladrão, ficaria vigiando e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. Por isso vocês também fiquem vigiando, pois o Filho do Homem chegará na hora em que vocês não estiverem esperando.
Fiquem alertas! Não deixem que as festas, ou as bebedeiras, ou os problemas desta vida façam vocês ficarem tão ocupados, que aquele dia pegue vocês de surpresa, como se fosse uma armadilha. Pois ele cairá sobre todos no mundo inteiro. Portanto, fiquem vigiando e orem sempre, a fim de poderem escapar de tudo o que vai acontecer e poderem estar de pé na presença do Filho do Homem, quando Ele vier.” (MATEUS 24 v. 37-44 / LUCAS 21 v. 34-36)
Irmão, devemos estar vigilantes, pois o Senhor já está em nosso meio fazendo a colheita. Por isso pare de fazer o que é mau: procure praticar o amor, para que Deus possa te colocar no Seu depósito e não te lançar fora.
Hoje vemos irmão odiando irmão, pais odiando os filhos, filhos odiando os pais. Ninguém tem amor pelo próximo como Jesus disse:“A maldade vai se espalhar tanto, que o amor de muitos esfriará.”
Os falsos mestres já estão se espalhando como uma semente maligna, enganando os fracos, tirando o dinheiro das pessoas com astúcia de satanás e difamando o caminho da verdade. Como dizem as Escrituras Sagradas:
“No passado apareceram falsos profetas no meio do povo, e assim também vão aparecer falsos mestres entre vocês. Eles ensinarão doutrinas destruidoras e falsas e rejeitarão o Mestre que os salvou. E isso fará com que caia sobre eles uma rápida destruição.Mesmo assim, muita gente vai imitar a vida imoral deles, e por causa desses falsos mestres muitas pessoas vão falar mal do Caminho da verdade. Em sua ambição pelo dinheiro, esses falsos mestres vão explorar vocês, contando histórias inventadas. Mas faz muito tempo que o Juiz está alerta, e o Destruidor deles está bem acordado.” (II PEDRO 2 v. 1-3)
Irmãos preparem-se para a vinda do Senhor. Ele mandou Seu filho Jesus para nos ensinar e hoje temos o Espírito Santo que está dando continuidade aos ensinamentos de Jesus e nos preparando para recebermos o nosso Deus e Pai. Ele vem como Juiz! Por isso pratiquem o amor para não serem condenados. Lembrem-se do que Jesus disse:
“- Não é toda pessoa que me chama de ‘Senhor, Senhor’ que entrará no Reino do Céu, mas somente quem faz a vontade do Meu Pai, que está no céu. Quando aquele dia chegar, muitas pessoas vão Me dizer: ‘Senhor, Senhor, pelo poder do Seu nome anunciamos a mensagem de Deus e pelo Seu nome expulsamos demônios e fizemos muitos milagres! Então Eu direi claramente a essas pessoas: ‘Eu nunca conheci vocês! Afastem-se de mim, vocês que só fazem o mal!’
Quem ouve esses Meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha.
Quem ouve esses Meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída.
Entrem pela porta estreita porque a porta larga e o caminho fácil levam para o inferno, e há muitas pessoas que andam por esse caminho. A porta estreita e o caminho difícil levam para a vida, e poucas pessoas encontram esse caminho.”
(MATEUS 7 v. 21-27, 13-14)
“Por isso devemos prestar mais atenção nas verdades que temos ouvido, para não nos desviarmos delas. Não há dúvida de que a mensagem que foi dada por meio dos anjos é verdadeira; e aqueles que não a seguiram nem foram obedientes a ela receberam o castigo que mereciam. Sendo assim, como é que nós escaparemos do castigo se desprezarmos uma salvação tão grande? Primeiro, o próprio Senhor Jesus anunciou essa salvação; e depois aqueles que a ouviram nos provaram que ela é verdadeira.
Meus irmãos, cuidado para que nenhum de vocês tenha um coração tão mau e descrente, que o leve a se afastar do Deus vivo. Pelo contrário, enquanto esse ‘hoje’ de que falam as Escrituras Sagradas se aplicar a nós, animem uns aos outros, a fim de que nenhum de vocês se deixe enganar pelo pecado, nem endureça o seu coração. Pois seremos companheiros de Cristo se continuarmos firmes até o fim na confiança que temos tido desde o princípio. É isso o que as Escrituras Sagradas dizem:
‘Se hoje vocês ouvirem a voz de Deus, não sejam teimosos como foram os seus antepassados quando se revoltaram contra Ele.’
Quem foi que ouviu a voz de Deus e se revoltou contra ele? Foram todos os que Moisés tirou do Egito. Com quem foi que Deus se irritou durante quarenta anos? Foi com os que pecaram e caíram mortos no deserto. E de quem é que Deus estava falando quando fez este juramento: ‘Eles nunca entrarão na Terra Prometida, onde eu lhes teria dado descanso’? Ele estava falando das pessoas que se revoltaram. Portanto, vemos que elas não puderam entrar na Terra Prometida porque não tiveram fé. Deus nos deixou a promessa de que podemos receber o descanso de que Ele falou. Portanto, tenhamos muito cuidado para que Deus não julgue que algum de vocês tenha falhado, deixando assim de receber esse descanso.  Pois, assim como aquelas pessoas ouviram, também nós ouvimos a boa notícia. Elas ouviram a mensagem, porém ela não lhes fez nenhum bem porque, quando a ouviram, não a receberam com fé.
Pois a palavra de Deus é viva e poderosa e corta mais do que qualquer espada afiada dos dois lados. Ela vai até o lugar mais fundo da alma e do espírito, vai até o íntimo das pessoas e julga os desejos e pensamentos do coração delas. Não há nada que se possa esconder de Deus. Em toda a criação, tudo está descoberto e aberto diante dos Seus olhos, e é a Ele que todos nós teremos de prestar contas.” (HEBREUS 2 v. 1-3 / 3 v. 12-19 / 4 v. 12-13)
O HÁBITO DE JULGAR
Os seres humanos têm vários defeitos e um deles é julgar os outros. “Meu amigo, você julga os outros? Não importa quem você seja não tem desculpa de jeito nenhum. Porque, quando julga os outros e faz as mesmas coisas que eles fazem, você está condenando a você mesmo. Nós sabemos que Deus é justo quando condena os que fazem essas coisas. Mas você meu amigo, faz as mesmas coisas que condena nos outros! Você pensa que escapará do julgamento de Deus? Ou será que você despreza a grande bondade, a tolerância e a paciência de Deus? Você sabe muito bem que Ele é bom e que quer levá-lo a se arrepender. Mas o seu coração é duro e teimoso, e por isso você está aumentando ainda mais o castigo que vai sofrer no dia em que o castigo e os julgamentos justos de Deus forem revelados.” (ROMANOS 2 v. 1-5) 
Julgar é você avaliar a vida dos outros, é ter opiniões sobre como os outros vivem, como se vestem, como agem e sobre o que dizem. O ser humano tem a mania de observar e falar mal dos outros ou julgar em pensamento. Vê as notícias na televisão, lê nos jornais ou sabe dos acontecimentos nas ruas e sempre tem uma opinião para dar, sempre faz um julgamento se fulano agiu certo ou errado; se fulano se veste bem ou não, se está gordo ou magro, feio ou bonito. Não importa o que você veja ou que fique sabendo, não dê opiniões, pois não é da sua conta o que os outros fazem ou deixam de fazer. Viva sua vida irmão, e deixe que as pessoas vivam a vida delas da forma que elas quiserem. Pois você prestará contas dos seus erros e da sua língua a Deus. “Portanto, por que é que você condena seu irmão? E, você, por que despreza seu irmão? Pois todos nós estaremos diante de Deus para sermos julgados por Ele. Porque as Escrituras Sagradas dizem: ‘Juro pela Minha vida, diz o Senhor, que todos se ajoelharão diante de Mim e todos afirmarão que Eu sou Deus.’ ” (ROMANOS 14 v. 10-12) 
As pessoas são cheias de defeitos, mas só enxergam os defeitos das outras; cometem muitos erros, mas se acham no direito de apontar o erro das outras. As pessoas fazem essas coisas porque se acham melhores do que os outros e porque não conhecem a Deus. Pois quem conhece o Todo-Poderoso sabe que Ele não se agrada disso.
Por mais bárbaro que seja o crime de alguém você não tem o direito de julgá-lo, pois todos nós estamos sujeitos ao erro. Se uns são fortes em umas coisas, são fracos em outras: você pode não ter coragem de matar alguém, mas tem coragem de humilhar, pisar, maltratar, bater, falar mal, fazer macumba, trair ou mentir para destruir a vida dos outros. Pode não ter coragem de fazer um assalto, mas tem coragem de usar de desonestidade, roubar no troco, vender coisas de procedência duvidosa, usar pesos e medidas falsos, comer coisas no mercado sem pagar ou pegar dinheiro emprestado e não pagar dando uma de esquecido. Todos os erros (pecados) são iguais diante de Deus. “A revolta contra o Eterno é tão grave como a feitiçaria, e o orgulho é pecado como é pecado a idolatria.” (I SAMUEL 15 v. 23)
Quando acontece um crime que mexe com a população, todos começam a julgar, odiar e condenar antes mesmo de saber se a pessoa é realmente culpada. E não percebem o mal que estão causando a si mesmas. 
O inimigo é astuto: ele cria situações aproveitando o erro dos outros para fazer com que as pessoas pequem, pois quando você julga, odeia e condena o outro você está pecando. O ser humano não sabe a força que satanás tem de controlar a mente humana. As pessoas ficam com ódio de um criminoso e não percebem que é isso que satanás quer, porque o ódio só trará coisas ruins para dentro do coração. E onde há ódio, satanás está no comando. Por isso tenham misericórdia dos outros e não dêem oportunidade para satanás dirigir suas naturezas humanas. Assim como ele usa a natureza humana para julgar, odiar, condenar, falar mal, discriminar, ficar com raiva, fazer fofoca... ele induz a pessoa a matar, roubar, estuprar... 
O criminoso quando comete um crime, ele desobedece a Lei de Deus e você quando julga, condena, odeia, fala mal dos outros também está desobedecendo a Lei de Deus. Assim como o criminoso é culpado você também é. Por isso irmão, você deve ter misericórdia de seus irmãos quando caírem nas armações do inimigo para que Deus tenha de você também. Por mais grave que seja o crime de alguém não julgue, não dê oportunidade ao diabo de te acusar diante de Deus. Peça ao Espírito Santo o dom de amar para que satanás não te use para fazer mal aos outros e a si mesmo.
Lembrem-se do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo: todos o condenaram, mas Ele era inocente e o Filho de Deus. Por isso cuidado com seus julgamentos.
Não é somente os Dez Mandamentos que devemos respeitar e sim todos os ensinamentos de Deus. Ele ensinou a não falar da vida alheia, a não ser orgulhoso, não julgar, não fazer fofoca, não mentir... Mas se você não obedece, você peca da mesma forma do que aquele que adultera, rouba ou mata.   
Não existe pecado grande ou pequeno: tudo que você faz que prejudique seu irmão é pecado. Por isso não devemos julgar os outros, pois também fazemos coisas que desagradam a Deus. Esteja sempre vigilante para que no dia do julgamento de Deus, você não seja condenado, assim como você condena os outros. “Não julguem os outros, e Deus não julgará vocês. Não condenem os outros, e Deus não condenará vocês. Perdoem os outros, e Deus perdoará vocês. Dêem aos outros, e Deus dará a vocês. E assim vocês receberão muito, muito mesmo. Tudo o que puderem carregar Ele vai pôr nas mãos de vocês. A mesma medida que usarem para os outros, Deus usará para medir vocês.” (LUCAS 6 v. 37-38)
Aqueles que realmente servem ao Deus Altíssimo, não julgam seus irmãos, pois conhecem os ensinamentos do Pai e sabem que irmãos não são somente aqueles que são filhos do mesmo pai, ou aqueles que freqüentam a mesma igreja. Todos nós, independente da cor, religião ou condições financeiras, fomos criados por um único Deus, por isso filhos de um mesmo Pai, o Deus Todo-Poderoso. 
“Mas eu não posso ser irmão daquele bandido, daquela prostituta, muito menos daqueles homossexuais.” Quem é você para apontar qualidades e defeitos de alguém? Cada pessoa sofre com as conseqüências de seus atos: você acha que um bandido dorme tranqüilamente? E quando é pego pela polícia é tratado com carinho e atenção? Você acha que as prostitutas e os homossexuais não sofrem com o preconceito da sociedade? Já parou para pensar como vivem essas pessoas? Você acha que um ser humano vai se prostituir por prazer? Não meus irmãos! Por isso peça a Deus que tenha misericórdia deles assim como Ele tem de você. Lembre-se de quantos erros você cometeu quando não conhecia os ensinamentos de Deus e que ainda comete.
Pare para pensar: será que você realmente conhece os ensinamentos de Deus? Então por que é que você julga e discrimina o teu irmão (teu próximo)? Do mesmo jeito que satanás age levando você a cometer esses erros, imagine como ele age na mente daqueles que não têm os ensinamentos do nosso amado e querido Pai, o Deus Todo-Poderoso.
Não seja orgulhoso, aprenda com o nosso amado Senhor e Salvador Jesus Cristo a ser misericordioso. Lembre-se que você é um pecador e que Deus tem misericórdia de você, por isso não aponte os defeitos dos outros, corrija os seus e cuide da sua vida. Você estará diante do Grande Juiz, quando se for desta terra. E Ele só terá misericórdia de você, se você tiver dos outros. 
Para ser aceito por Deus é preciso ter um coração limpo, crer Nele e principalmente, se arrepender de seus erros. Deus perdoará qualquer bandido, prostituta, homossexual e você, se houver arrependimento, seja qual for o pecado. 
Jesus pregava a união e o amor. Por isso não pregue a desigualdade e o ódio, através da discriminação! Se vocês realmente entendessem o que Jesus disse e se baseassem em todos os outros ensinamentos Dele, veriam que só quem nunca cometeu pecado, teria o direito de acusar e condenar alguém. Leia esta mensagem, reflita no que foi dito e pare de julgar e condenar os outros.
“Um fariseu convidou Jesus para jantar. Jesus foi a casa dele e sentou-se para comer. Naquela cidade havia certa mulher de má fama. Ela ouviu dizer que Jesus estava jantando na casa do fariseu. Então pegou o frasco feito de alabastro, cheio de perfume, e ficou por trás de Jesus, bem perto chorando e molhando os pés Dele com as suas lágrimas. Depois enxugou com os seus próprios cabelos. Ela beijava os pés de Jesus e derramava o perfume neles. Quando o fariseu viu isso, pensou assim: ‘Se este homem fosse de fato profeta, saberia quem é esta mulher que está tocando nele e a vida de pecado que ela leva.’
Jesus então disse ao fariseu:        
- Simão, tenho uma coisa para dizer a você.
- Fale, Mestre – respondeu Simão.
Jesus disse:
- Dois homens deviam dinheiro a um homem que costumava emprestar. Um deles devia quinhentas moedas de prata, e o outro, cinqüenta, mas nenhum dos dois podia pagar ao que havia emprestado. Então ele perdoou as dívidas dos dois. Qual deles vai estimá-lo mais? 
- Eu acho que é aquele que devia mais – respondeu Simão.
- Você está certo – disse Jesus.
Então virou-se para a mulher e disse a Simão:
- Você está vendo esta mulher? Quando entrei, você não Me ofereceu água para lavar os pés, porém ela os lavou com as suas lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Você não Me beijou quando cheguei; ela, porém, não pára de beijar os Meus pés desde que entrei. Você não arranjou azeite para Minha cabeça, porém ela derramou perfume nos Meus pés. Afirmo a você, então, que o grande amor que ela mostrou prova que seus muitos pecados já foram perdoados. Mas a pessoa a quem se perdoa pouco mostra pouco amor. 
Então Jesus disse a mulher:
- Os seus pecados foram perdoados.” (LUCAS 7 v. 36-48)         
Não existe nenhum justo nesse mundo, ninguém que obedeça a Deus, por isso pare de julgar os outros!
Ninguém gosta de ser julgado nem discriminado, ainda mais por pessoas que se dizem servas de Deus e dão mau exemplo: não agem corretamente e ainda querem condenar os outros. Do jeito que muitos crentes fazem, as pessoas que ainda não conhecem a Palavra de Deus, ficam com ódio de vocês e de Deus. Vocês não podem se julgar melhores do que os outros! Vocês devemser educados com as pessoas, ensiná-las com amor e respeito e não apontar e dizer que fulano vai para o inferno por causa disso ou daquilo. Isso é atitude de quem não tem educação, nem sabedoria divina. Lembre-se que Deus se alegra quando as pessoas se arrependem e procuram viver corretamente.   
Irmãos, é preciso ter sabedoria divina para entender as mensagens e seus significados. Seja uma pessoa correta e tenha atitude de um verdadeiro filho de Deus! Além de agradar o coração do nosso Pai, você servirá de exemplo para que outros busquem esse Deus maravilhoso a quem você serve com dedicação e respeito. “Tenham no coração de vocês respeito por Cristo e o tratem como Senhor. Estejam sempre prontos para responder a qualquer pessoa que pedir que expliquem a esperança que vocês têm. Porém façam isso com educação e respeito. Tenham sempre a consciência limpa. Assim, quando vocês forem insultados, os que falarem mal da boa conduta de vocês como seguidores de Cristo ficarão envergonhados.” (I PEDRO 3 v. 15-16)
Lembre-se: o que você repara nos outros, os outros vão reparar em você. Com a mesma espada que tu feres, serás ferido. Não julguem nem condenem ninguém, pois enquanto você está dando uma de juiz, o Grande e Verdadeiro Juiz está te observando!
Que Deus o abençoe!
A HIPOCRISIA DO SER HUMANO
O mundo está cheio de pessoas hipócritas, o pior é que as igrejas também estão. As pessoas fazem e dizem coisas para mostrarem que são bondosas e caridosas, mas na verdade são enganadoras. Os políticos agem dessa forma e muitas pessoas famosas também. Mas em algum momento os outros descobrirão quem realmente vocês são e o que fazem.    
“Ai de vocês, mestres da Lei e fariseus, hipócritas! Pois vocês são como túmulos pintados de branco, que por fora parecem bonitos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e de podridão. Por fora vocês parecem boas pessoas, mas por dentro estão cheios de mentiras e pecados. (MATEUS 23 v. 27-28) 
Muitos crentes são como esses fariseus de quem Jesus falou. São pessoas falsas, fingidas, mentirosas, com o coração cheio de maldade, ódio, inveja, rancor, ressentimento, mas se fazem de pessoas boas, corretas e muitas vezes enganam as pessoas com seu jeito de falar e sua maneira de agir, bajulando, se fazendo de amiga e conselheira. “O hipócrita que odeia esconde o seu ódio atrás da bajulação. Ele pode falar muito bem, mas não acredite no que ele diz porque o seu coração está cheio de ódio. Ele pode disfarçar, mas todos acabarão vendo a sua maldade.” (PROVÉRBIOS 26 v. 24-26)
Muitos falam de Deus e de Jesus, citam trechos da Bíblia, vão aos cultos, dão o dízimo, fazem parte de ministérios na igreja, saem para evangelizar, fazem um monte de coisas e tudo isso para quê? Para adorar e exaltar o nome de Deus? Não, com certeza não. Muitos fazem essas coisas para se mostrarem para os outros e para se acharem no direito de condenar os outros. 
Meus irmãos, vocês pensam que Deus não vê o que vocês fazem? Vocês podem conseguir enganar as pessoas com essa falsidade, mas a Deus ninguém engana. Ele sabe que seu coração está cheio de escuridão e que suas ações são dirigidas pela sua natureza humana má e orgulhosa; que você fala que é um servo de Deus, mas julga as pessoas, discrimina, fala mal, ofende dizendo que elas vão para o inferno, que elas não são de Deus porque não estão na igreja. Deus vê os desejos reprimidos que estão dentro do seu coração e por isso você sente inveja dos outros, mas para que as pessoas não percebam você condena e fala mal das pessoas que fazem aquilo que você gostaria de fazer. 
Muitas pessoas se acham corretas e não enxergam quantas coisas erradas fazem e dizem, quantos espíritos maus dominam suas vidas e seus corações. Não admitem para Deus que são pessoas que têm desejos guardados, sentimentos escondidos, que têm todo tipo de sentimento mau dentro delas.  São lobos disfarçados de ovelhas: reparam os outros, mas têm vontade de fazer o que eles fazem; falam mal dos outros, mas no passado cometeram os mesmos erros; ofendem as pessoas e se acham muito boas e caridosas.        
Muitos fazem orações hipócritas, pois não dizem a verdade para Deus; não dizem o que realmente estão sentindo, gostam de se exibir para os outros falando palavras difíceis.Lembrem-se do que Jesus disse:
- Quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de orar de pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas para serem vistos pelos outros. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: eles já receberam a sua recompensa. Mas você, quando orar, vá para o seu quarto, feche a porta e ore ao seu Pai, que não pode ser visto. E o seu Pai, que vê o que você faz em segredo, lhe dará a recompensa.” (MATEUS 6 v. 5-6) 
Tem pessoas que oram assim: “Senhor, eu te agradeço pela família maravilhosa que Tu me deste, meu casamento abençoado, pelos meus filhos que são uma benção na minha vida...” Quando na verdade o casamento vai mal, os dois não se entendem, porque não existe amor entre eles. Os filhos são desobedientes, não têm amor nem respeito pelos pais. Como Deus pode ajudar essa pessoa se ela diz que tudo vai bem, quando na verdade tudo vai mal?
Deus não atende essas orações fingidas, pois Ele quer uma oração sincera onde a pessoa não esconda seus sentimentos, seus desejos e suas vontades. 
Muitos pastores são hipócritas, pois pregam doutrinas que sua própria família não cumpre. Muitos deles fazem o que é errado (adulteram, roubam, mentem, são orgulhosos...), mas na igreja agem como se fossem homens corretos e justos. Como dizem as Escrituras Sagradas:
“Aqueles homens são apóstolos falsos e não verdadeiros. Eles mentem a respeito dos seus trabalhos e se disfarçam, apresentando-se como verdadeiros apóstolos de Cristo. E isso não é de admirar, pois até satanás pode se disfarçar e ficar parecendo um anjo de luz. Portanto, não é nada demais que os servidores dele se disfarcem, apresentando-se como pessoas que fazem o bem. Mas no fim eles receberão exatamente o que as suas ações merecem.” (II CORÍNTIOS 11 v. 13-15)
É por isso que os membros não aprendem nada de bom, não aprendem que para ser um servo de Deus precisam primeiramente se arrepender dos pecados que cometeram e precisam se libertar de toda imundície que existe dentro de seus corações. Ou vocês acham que vão entrar no Reino de Deus se não se arrependerem? Não adianta ir à igreja, dar o dízimo, ofertas, fazer jejum ou correntes na igreja se você não fizer o que Deus ensina. 
Lembre-se de quem você era antes de conhecer a Jesus, o que você fazia com os outros e de quantas pessoas já fez sofrer por causa de sua ignorância. Lembre-se dos erros que você cometeu e não se ache no direito de apontar o erro dos outros. 
Alguns dizem: “Nós somos de Jesus e não podemos nos comparar aos pecadores”. Agindo desse jeito você se torna pior do que eles, porque você diz que é um servo de Deus, mas age com hipocrisia, maldade, orgulho e envergonha o nome de Deus. Mas sabem por que vocês agem assim? Por que não sabem de nada, não lêem a Bíblia, não sabem o significado de suas mensagens, não têm sabedoria divina e não conhecem a Deus.    
Todas as pessoas, crentes e não crentes, já cometeram muitos erros. Não há nenhum justo, não há ninguém que faça sempre o que é certo. O grande problema é que as pessoas fazem um monte de coisas erradas, mas quando entram para a igreja ou conseguem mudar de vida, abrem a boca para falar dos outros que cometem os mesmos erros que elas cometeram no passado. Meu irmão, se você errou, como pode querer condenar os outros? “Não importa quem você seja não tem desculpa de jeito nenhum. Porque, quando julga os outros e faz as mesmas coisas que eles fazem, você está condenando a você mesmo.” (ROMANOS 2 v. 1)
Vocês estão completamente cegos e enganados a respeito do que é ser um servo de Deus. A maioria dos crentes não o ama nem o respeita.
Vocês deveriam ser exemplos para os descrentes, mas são maus exemplos por causa do orgulho que tomou conta de seus corações. Na presença dos descrentes vocês se sentem melhores do que eles e dizem com orgulho que são de Jesus. Raça de cobras venenosas! Limpem esses corações, sejam humildes, respeitem e amem a todos como Jesus ensinou. Lembrem-se do que Ele disse: “Toda planta que o Meu Pai, que está no céu, não plantou será arrancada.” (MATEUS 15 v. 13)
Vocês não amam ao Pai, porque se amassem, amariam seus irmãos. As partes das Escrituras Sagradas que vocês deveriam colocar em prática vocês não colocam. Mas usam trechos da Bíblia para julgar e condenar os outros. Como dizem as Escrituras Sagradas:
“Se alguém diz: ‘Eu amo a Deus’, mas odeia o seu irmão, é mentiroso. Pois ninguém pode amar a Deus, a quem não vê, se não amar o seu irmão, a quem vê. O mandamento que Cristo nos deu é este: quem ama a Deus, que ame também o seu irmão.” (I JOÃO 4 v. 20-21)
Certa vez um pastor disse que gravou em CD algumas pregações, dizendo que Deus havia lhe dado sabedoria para que esse trabalho abençoasse muitas pessoas e que iria mudar a vida de quem ouvisse. Mas os CDs eram vendidos por um preço que poucos podiam pagar. Então quer dizer que só quem tem dinheiro vai ser abençoado? Uma pessoa que recebeu algo de Deus para ajudar as pessoas vai vender ao invés de distribuir gratuitamente para aqueles que precisam ouvir os ensinamentos de Deus? Na verdade esses CDs, livros, revistas vendidos para o povo não têm o objetivo de ajudar e sim de enriquecer quem os vende. Por isso uma pessoa hipócrita e gananciosa não pode fazer a obra de Deus. 
Um rapaz contou que foi trabalhar para um senhor crente. Todos que trabalhavam com ele diziam que ele era muito ignorante e vivia repreendendo as pessoas. Certo dia o rapaz começou a cantar uma música evangélica, mas o senhor crente o repreendeu e o mandou parar de cantar dizendo que ele não era digno de cantar louvores a Deus porque não era da igreja.
E o rapaz perguntou a ele:
- O senhor se acha muito correto, não é?
- E o que você acha? Eu estou na igreja.
- Eu não acho, porque do modo que o senhor age e com essa ignorância não parece que serve a Deus.
Infelizmente muitos crentes são orgulhosos e se acham puros demais. A conduta de muitos que se dizem servos de Deus é vergonhosa.
Muitos pastores trazem vergonha ao nome de Deus. Por causa de pessoas como vocês é que as pessoas que não conhecem a Palavra, não querem nem ouvir falar de Deus. 
- Ai de vocês, professores da Lei e fariseus, hipócritas! Pois fecham a porta do Reino do céu aos outros, mas vocês mesmos não entram nem deixam entrar os que estão querendo.” (MATEUS 23 v. 13) 
Jesus pregou a bondade, a misericórdia, a humildade e o amor. Hoje vocês pregam o orgulho, a discriminação e a cobiça.             
Muitos crentes dizem que reconheceriam e acreditariam em Jesus se tivessem vivido naquela época. Mentirosos! Se hoje realmente reconhecessem Jesus como Filho de Deus e o Salvador de suas vidas, mostrariam respeito e amor pelas pessoas, porque foi isso que Ele ensinou.
Seja misericordioso com seus irmãos que conhecem e com os que não conhecem os ensinamentos de Deus. Ore e peça ao Espírito Santo para te ensinar a viver segundo a vontade de Deus e peça a Ele para te alertar quando estiver se desviando do caminho do Senhor. 
Cada um de vocês sendo crente ou não deve analisar o que são e como agem, ao invés de procurar o erro nos outros. Deus vê o que vocês fazem e julga suas intenções. Por isso cuidado com a hipocrisia se não quiser ser condenado ao inferno.        
Que Deus o abençoe!