domingo, 27 de novembro de 2011

Compromisso com Deus
O simples compromisso do profeta Elias com Deus nos choca e nos desafia. Ele foi enviado para confrontar, não para confortar, e transmitiu a mensagem do Senhor a um rei que frequentemente rejeitava sua mensagem só porque ele a trazia. Elias desempenhou seu ministério somente para Deus e pagou por esta decisão, ao experimentar o isolamento como outros que também eram fiéis ao Senhor.
É interessante pensar nos incríveis milagres que Deus realizou através de Elias, mas faríamos bem em enfocar a comunhão que compartilhavam. Tudo o que aconteceu na vida de Elias começou com o mesmo milagre que está disponível a nós - ele respondeu ao dom de conhecer a Deus. Por exemplo, depois de Deus operar um milagre extraordinário através de Elias, ao derrotar os profetas de Baal, a rainha Jezabel retaliou, ao ameaçar a vida do profeta. E Elias fugiu. Ele se sentiu atemorizado, deprimido e abandonado. Apesar de Deus prover-lhe comida e abrigo no deserto, desejou morrer. Então o Senhor apresentou-lhe uma "exibição audiovisual" e uma mensagem que ele precisava ouvir. Elias testemunhou uma tempestade de vento, um terremoto e fogo. Mas Deus não estava em qualquer uma destas coisas poderosas. Antes, o Senhor mostrou sua presença com uma voz suave.
Elias, como nós, lutou contra seus sentimentos, mesmo depois desta confortante mensagem de Deus. Então o Senhor confrontou as emoções do profeta e ordenou-lhe que agisse. Deus instruiu Elias a respeito do que deveria fazer depois e lhe informou que parte de sua solidão estava baseada na ignorância: outros sete mil em Israel ainda se mantinham fiéis ao Senhor.
Até hoje, Deus frequentemente fala através do suave e do óbvio em vez de fazê-lo através do espetacular e do incomum. O Senhor tem tarefas para fazermos mesmo quando sentimos medo e fracasso. E Deus sempre tem mais recursos e pessoas do que sabemos. Embora possamos desejar realizar milagres incríveis para o Senhor, devemos, em vez disso, enfocar o desenvolvimento de nossa comunhão com Ele. O verdadeiro milagre da vida de Elias foi a sua amizade extremamente pessoal com Deus. E este milagre também está disponível a nós.
NÃO COMPROMETA SEU COMPROMISSO COM DEUS
Os crentes são muitas vezes persuadidos a obedecer às ordens de Deus apenas parcialmente, mas o compromisso e a obediência para com Deus não podem ser negociados. Em se tratando de obediência a Deus, o meio-termo não satisfaz.
DEUS QUER O NOSSO TOTAL COMPROMETIMENTO
Muitas pessoas têm dificuldades de assumir compromissos. São indecisas e receosas de assumir responsabilidades. O rei de Judá, Asa, e seu povo eram diferentes; declararam-se favoráveis a Deus. O juramento de fidelidade que fizeram foi marcado por confissões públicas e toques de trombetas (2Cron 15.14,15). Esse compromisso tão decisivo e sincero agradou a Deus e resultou em paz para a nação. Se você deseja a paz, procure ver se existe alguma área em que faltou estabelecer um compromisso total com Deus. Recebemos a paz como consequência da sincera dedicação de nossa vida a Deus.
A TENTAÇÃO NOS DESVIA DO COMPROMETIMENTO
Nós apreciamos os amigos que permanecem fiéis a seus compromissos, mas ficamos desapontados com quem fracassa, quebrando uma promessa. Deus se agradou quando seu povo obedeceu inicialmente, mas irou-se quando este se recusou a manter seu compromisso. As tentações nos distraem, desvia-nos da presença de Deus. Pense em seu compromisso de obedecer a Deus, e pergunte a si mesmo se tem permanecido verdadeiramente zeloso.
O QUE SIGNIFICA O VERDADEIRO COMPROMISSO COM JESUS
Devemos estar tão comprometidos em viver para Cristo, a ponto de "aborrecermos" a nossa própria vida. Isto não significa que devemos desejar morrer ou ser indiferentes ou destrutivos para com a vida que Deus nos deu, mas que é necessário estarmos prontos para morrer, se for necessário, a fim de glorificarmos a Cristo. Precisamos rejeitar nosso egoísmo, deixando de lado nosso esforço em obter vantagem, segurança e prazer, para servirmos a Deus de forma amorosa e livre. Abramos mão do controle de nossa vida, transferindo-o para Cristo, que traz vida eterna e genuína alegria
NOSSO COMPROMISSO COM JESUS DEVE SER TOTAL
Jesus sempre se mostrou muito objetivo para com aqueles que queriam segui-lo. Constantemente, certificava-se de que os discípulos estavam cientes do custo desta decisão e de que nada reivindicariam para segui-lo. Como Filho de Deus, Jesus não hesitou em exigir completa lealdade. Nem mesmo o cuidado com a família deveria sobrepor-se à obediência a Deus. O desafio de Cristo obriga cada um a questionar-se sobre suas prioridades. A decisão de seguir a Jesus não deve ser adiada, embora outros interesses que exijam lealdade disputem a nossa atenção. Nada deve ser colocado acima do compromisso de viver completamente para Jesus.
O NOSSO COMPROMISSO DETERMINA NOSSO DESTINO NO REINO
Haverá muitas surpresas no Reino de Deus. Alguns que agora são menosprezados, lá serão muito honrados; algumas pessoas que são influentes neste mundo serão deixadas do lado de fora dos portões celestiais. Muitos dos "grandes" aos olhos de Deus são completamente ignoradas nesta terra, pois o que importa para Deus não é a popularidade, a posição social, a riqueza, a herança ou o poder que uma pessoa desfruta neste mundo, mas seu compromisso com Cristo.
Será que nossos valores estão de acordo com os padrões da Bíblia Sagrada? Coloque Deus em primeiro lugar, e você se unirá a pessoas do mundo inteiro que terão lugar garantido no banquete que acontecerá no Reino dos céus.

SITUAÇÃO DAS IGREJAS NOS DIAS DE HOJE ÚLTIMOS TEMPOS - PRINCÍPIO DAS DORES ​ ​ ​Irmãos, não há como fugir da situação ou fingir que na...