quinta-feira, 30 de setembro de 2010

VOTANDO COM SABEDORIA..

Votando com sabedoria
Aproximação da eleição eleitoral faz com que muitos evangélicos se envolvam em polêmicas políticas



Apesar de se pregar que o voto é secreto, e que ninguém precisa saber em quem você vai votar, é importante lembrar que tal direito é uma prerrogativa, e não uma obrigação. No entanto, em alguns casos, já que não é proibido divulgar o voto, há quem tem sido comentado na mídia nacional por ter declarado publicamente o voto, virando alvo de polêmica. Entre alguns nomes, estão: o Bispo Manuel Ferreira e o Pastor Silas Malafaia.

No caso do Bispo e deputado federal Manuel, foi divulgado na imprensa que ocorrerá um encontro organizado por ele na sexta-feira em Brasília com algumas lideranças evangélicas. Muitos fiéis se mostraram indignados com a decisão do religioso de anunciar o apoio do Ministério Madureira — ramo importante da Assembleia controlado por Ferreira —, à candidatura petista.

Já o assunto que levou o Pastor Silas as páginas da internet – liderando o ranking Trending Topics – foi a divulgação de seu voto, que antes era de Marina, mas agora é do candidato do PSDB, Serra. Segundo o pastor Marina não tem firmeza. “Eu queria entender como uma pessoa que se diz cristã, membro da Assembleia de Deus, afirma que se for eleita presidente do Brasil vai convocar um plebiscito para que o povo decida se aprova ou não o aborto, ou se aprova ou não o uso da maconha.”, condena.


Possíveis relatos de Dilma prejudicam a petista

De uma hora para outra muitos evangélicos cogitam mudar o voto. Após um boato de que Dilma teria dito “nem mesmo querendo, Cristo me tira esta vitória. As pesquisas comprovam o que estou dizendo. Vou ganhar no primeiro turno”. Essa suposta frase de Dilma, fez com que caixas de e-mail fossem lotadas com textos não assinados e que pediam aos evangélicos para repensar o voto.


Apesar de, até o momento, não ter sido provado se a candidata a presidência disse ou não a frase, existem outros vídeos que tentam prejudicar a imagem da petista. Em alguns deles, é possível assistir trechos de um discurso de Dilma: “Fiquei presa três anos”, no entanto o complemento do vídeo explicando não foi divulgado. A prisão teria sido na época da Ditadura Militar.

Enfim, as eleições estão chegando, é preciso ficar atento a todos os fatos e, independente de religião, escolher pelo histórico e propostas políticas.

SITUAÇÃO DAS IGREJAS NOS DIAS DE HOJE ÚLTIMOS TEMPOS - PRINCÍPIO DAS DORES ​ ​ ​Irmãos, não há como fugir da situação ou fingir que na...